"Por que as pessoas apreciam a solidão? Luz não é para ser encontrada; é para ser criada. Trevas não são para serem temidas; são para ser amadas." - KAMI-samma, Versailles. Em: "The love from a dead orchestra"

e-Mazing

Este trabalho faz parte de um conjunto de 4 propostas pedagógicas de atividades manipulativas para a disciplina de Laboratório de Prática de Ensino-Aprendizagem I.

Material

Para este trabalho, foi desenvolvido um website simples, disponível na internet no endereço para acesso livre, no endereço http://kad-kun.com/kad/math/maze/, e que é composto de:

  • Uma tela principal, que introduz o site e o jogo, com uma linguagem simples e voltada para crianças que frequentam o 6º ano, seu público alvo;
  • Uma tela de apresentação do projeto, que explica os motivos que levaram a construção do site, com uma linguagem um pouco mais formal e voltada para pais e professores;
  • Uma tela de contato, que oferece meios de comunicação com os criadores do site;
  • Meios de compartilhamento do site em redes sociais;
  • O jogo em si

O jogo

O jogo consiste em uma área de oitocentos pixels de largura e trezentos pixels de altura, denominado de “labirinto”, dividido em áreas menores poligonais, denominados “quartos”, formadas por ângulos retos, coloridas de azul, vermelho ou amarelo; e por uma pequena esfera esverdeada.


O objetivo do jogo é, utilizando o mouse, arrastar a esfera do ponto inicial até a saída do labirinto, um quarto com um smiley. Entretanto, para concluir o jogo (e sair do labirinto), o jogador precisa que a bola alcance o quarto de saída com um peso pré-determinado no início de cada nível.

Cada quarto altera o peso da esfera, que no início possui um quilograma, de acordo com o número que é exibido no interior de cada quarto: quartos avermelhados aumentam o peso da bolinha; os azulados o diminuem, e os amarelados não causam nenhuma alteração.

Até o presente dia, existem apenas dez labirintos criados e disponibilizados, cada um com níveis diferentes de dificuldade. Entretanto, o site foi desenvolvido levando em consideração a necessidade de expandí-lo, e em intervalos semanais serão adicionados novos labirintos ou outros recursos.


Objetivo

O objetivo da atividade é desenvolver a habilidade de cálculos mentais, sobretudo com multiplicações e divisões de números racionais. Idealmente, a criança deve observar o labirinto e decidir qual o caminho correto que deve seguir, tendo em vista seu objetivo final.

Frequentemente ela será obrigada a passar por quartos que não ajudam a alcançar o valor final, e portanto, precisará encontrar um quarto capaz de anular aquele movimento. Por exemplo, se para terminar o labirinto ela precisa de 20kg, mas é obrigada a passar por um quarto que aumenta o peso da esfera três vezes, ela precisará procurar outro quarto que divida seu peso por três, antes de concluir aquele nível.

O objetivo do jogo não é ensinar as operações nem as propriedades das mesmas, mas sim fazer um exercício de memorização e prática de cálculos mentais. Dependendo da resposta da turma, o professor pode se sentir a vontade para utilizar o jogo para ensinar outros conteúdos um pouco mais avançados, como a divisão de um número em seus fatores.

Link principal do projeto

♥ ~ Matemática e Faculdade ~ ♥

Visita aos Museus - Google Art Project

Suuri no Sekai

Produtivismo, Tecnicismo, Construtivismo, Escolanovismo - Na visão de Demerval Saviani

Pi, número de ouro e número de Euler

Persiga o Coelho Branco!

Pega-pega de Duendes

O papel do professor

Monochrome Factor!

Maçãs Envenenadas

Heróis, ajudem as famílias do Egito!

Equações de 2º grau pelo método de Al-Khwarism

Encontrando a incógnita e salvando a professora!

Educação Tradicional, Educação matemática e Educação matemática crítica

e-Mazing

Construindo Conhecimentos nos Passos de uma Tartaruga

Como ensinar no mundo das crianças? - Exemplos de questões

Comer-comer

Aritmética Atômica

xSiga-me no Facebook ♥