"Se somos presos por roubar itens materiais, possíveis de serem reconseguidos através de esforço; por que não o somos ao roubar corpos, que são irrecuperáveis?" - Hime-chan

Minha casa no céu

Há muito tempo atrás, todas as pessoas tinham asas e adoravam voar pelos céus...

Mas, o céu não era seguro... E eles não podiam dormir em paz, tendo que bater suas asas a noite inteira... Além disso, haviam 6 direções e 3 sentidos que precisavam defender (frente, trás, baixo, cima, direita, esquerda)... só com dois olhos ficava bem difícil... Até mesmo comer era problemático, já que não haviam pratos ou panelas...

Então, um grupo de pessoas se juntou e trabalhou duro pra amontoar um punhado de terra e pousou sobre ele... Essas pessoas ficaram felizes em estar seguras e convidaram as outras para lá... Elas ficaram tão felizes e descansadas em poder, finalmente, parar de bater suas asas, que nunca mais voaram...

Elas deixaram de voar por tanto tempo, que ficaram apavoradas com a idéia de voar novamente... Tinham medo de cair de grandes alturas... E decidiram podar suas asas pra garantir... Podavam seus filhos que, pequenos, poderiam voar sem querer e se perder no azul infinito do céu... Podavam a si próprios e a todos que queriam bem...

Elas começaram, também, a construir sobre esta terra... Prédios altos, invadindo o espaço do céu, de forma que não mais sobraram pessoas a sobrevoá-los. Todos desceram... Alguns por vontade, outros por falta de lugar no céu...

Depois de algum tempo, até surgiram algumas pessoas que tentaram destruir a terra que eles haviam amontoado, os prédios que invadiam os céus... Tentando fazer com que as pessoas voltassem a ter asas após 1 ou 2 gerações... Relembrando o tempo em que viviam vulneráveis ao ar... Livres de seus próprios pés... Queriam voar novamente...

Mas, para evitar a destruição de todas as pessoas que não tinham mais asas e a insegurança das gerações futuras, era necessário que o chão fosse mantido para suportá-las... Assim, todos que queriam destruir a terra precisaram ser mortos ou aprisionados...

E este é o fim para a maioria... Mas, o que poucos sabem é que algumas pessoas com asas vivem até hoje, voando escondidas nos poucos pedaços de céu livre que sobrou no mundo... Elas não se importam mais com as asas dos outros ou mesmo com o futuro da humanidade que as aprisionou por vezes... Apenas querem manter as suas asas para voar em solidão, mesmo que escondidos dos olhos dos outros, mesmo que sozinhas em sua própria liberdade...

Hime-chan

Vegetarianos... chatos?

As pétalas cor-de-rosa sempre caíam... e nunca subiam de volta

"Deus", alimento e sinceridade

Um agradecimento

Um conto de horror em 25 de dezembro
o Natal sob o ponto de vista da sua ceia

Grandes tweets por pequenos pintinhos

Di(?)álogo Homem-Deus

Minha casa no céu

A gênesis do egoísmo

Uma outra forma de amor

A beleza necrófaga

Garasuzaiku

xSiga-me no Facebook ♥